Google News - Top Stories

terça-feira, 3 de julho de 2012

As Perspectivas de Evolução do Mercado de EVs:

Nos EUA, as unidade EVSE domésticas instaladas já podem ser contada em vários milhares, para atender as necessidades de carregamento normal (que é o que garante maior durabilidade dos pacotes de baterias dos EVEs) em ambiente doméstico, tanto dos EVs quanto dos PHEVs atualmente rodando por lá.

A Gartner, maior empresa de pesquisa de mercado, apresentou um cenário de 100.000 vendas de EVs até o final de 2012 nos EUA. Eles reconhecem que 100.000 é um grande salto a partir de 18.000 vendidos até 2011, que incluiu 9,674 Nissan LEAFs, 7,671 Chevrolet VOLT, e 655 outros carros plug-in. Devido a recessão, pode ocorrer desse número não ir além de 60.000, para 2012, mas mesmo essa já é uma boa expectativa. De qualquer modo, todos os agentes do mercado se movem no sentido de cooperar com o rápido crescimento deste mercado, inclusive o governo Obama, que projetou 1.000.000 de EVs rodando nos EUA em 2015!

A atual agressividade de mercado promovido pela Nissan e pela Chevrolet, mas principalmente a Nissan, cuja política comercial vem tratando o produto LEAF algo mais do que simplesmente mais um carro, está movendo todo o mercado. Iniciativas de grande monta do governo e das montadoras correm atrás da política para criação de infraestrutura pública de abastecimento. Associações estão sendo criadas com grande representação de todos os intervenientes da indústria. Empresas interessadas estão se unindo em parcerias para torná-las sucesso.

Mas os consumidores tem começado a se sentir bastante a vontade em poder realizar, também, o carregamento das baterias de seus EVs em suas próprias casas e essa sensação coopera com o crescimento natural desse mercado. O conceito Open Hardware e Software para carregamento J1772, compatíveis com toda a gama dos veículos elétricos foi criado. O EVSE são projetados para fornecer os dispositivos de comunicação de ligação, e de segurança entre o EV e a rede elétrica nas operações de carregamento.

Surgem, então, neste cenário, novas oportunidades de pequenos negócios, que se abrem com esse novo mercado e tecnologia, com técnicos e engenheiros correndo atrás de informações para os projetos e de certificações específicas para poder atuar legalmente.

Nenhuma das grandes montadoras irá se permitir ficar para trás nesse negócio e vários lançamentos estão previstos para 2012 e 2013, inclusive com preços de venda desafiadores, como, muito provavelmente, deverá ser o caso do Mitsubishi i, previsto para ser lançado a um preço abaixo de US$ 30.000.

A venda de cem mil EVs em 2012 é inferior a um por cento dos 13,4 milhões de vendas de veículos norte-americanos previstos pela Gartner e é difícil a previsão de quem terá maiores vendas, se serão os puro elétricos a bateria ou híbridos plug-in. Se depender dos entusiastas iniciais o LEAF deverá ser o vencedor, todavia, a ansiedade por autonomia pode fazer os híbridos continuarem ainda na liderança, por mais um ano mas, de qualquer forma, o consumidor continuará desejando desfrutar de carregadores domésticos.

Não apenas o governo do EUA, mas também os ingleses estão promovendo fortes subsídios para proprietários de EVs que se dispõem a instalar carregadores domésticos. Paralelo à implantação de infraestrutura pública, é igualmente importante incentivar a instalação de pontos de carregamento domésticos, para tornar ainda mais conveniente que os condutores, venham a fazer a troca dos veículos convencionais pelos híbridos, de baixa emissão carbono ou por EVs de emissão zero.

Segundo estimativas da Schneider Electric's, de modo geral, os proprietários EVs em todo o mundo irão gastar cerca de US$ 4,3 bilhões em equipamento de carregamento de EVs até 2017, mais de dez vezes os US$ 400 milhões gastos até o ano passado e o Brasil fará parte deste mercado.

P1901 Comunicação em Rede CA (Smart Grid):


Power Line Communication (PLC) é um sistema que permite a transmissão de sinais de telecomunicações através dos mesmos condutores usados na rede elétrica CA. Apesar desta tecnologia não ser nova, atualmente ela vem ganhando grande destaque em virtude da possibilidade de resolver o problema da chamada ‘última milha’ da internet, ou seja, conseguindo levar o acesso à internet a todas as pessoas. Além dessa forma de utilização as PLC’s também mostram aplicabilidade nas áreas de vídeo sob demanda, telefonia IP, serviços de monitoração e vigilância, monitoramento de transito, automação residencial e, principalmente, os veículos elétricos.

Em um padrão atualizado para ser lançado em 2012, a SAE propõe a utilização da comunicação elétrica, especificamente a IEEE P1901, entre o veículo, estação de recarga não embarcada e a rede inteligente, sem a necessidade de um pino adicional; a SAE e a IEEE Standards Association estão compartilhando seus projetos de normas relacionadas com a rede inteligente e a eletrificação do veículo. A comunicação P1901 é compatível com outros padrões 802.x através do padrão IEEE P1905, permitindo comunicações arbitrárias baseadas em IP entre o veículo e uma instalação onde estão localizados os carregadores. A P1905 inclui comunicações sem fio, mas ainda não está claro se SAE J1772 poderia ou deveria passar esses sinais de um veículo durante a operação de carregamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Licença Creative Commons
Este trabalho de André Luis Lenz, foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada.